10 Benefícios de Tocar um Instrumento Musical

Tocar um instrumento musical tem muitos benefícios e pode trazer alegria não somente para quem toca, mas para todos que estão à sua volta.

O filósofo chinês Confúcio disse há muito tempo que “a música produz um tipo de prazer que a natureza humana não pode prescindir”.

Neste texto, a Presto aponta 10 benefícios que a arte de tocar um instrumento pode proporcionar.

Tenha uma ótima leitura e inspire-se!

Tocar um instrumento musical – 10 Benefícios

1 – Aumenta sua capacidade de memorização

Uma pesquisa mostrou que tanto escutar música como tocar um instrumento são ações que estimulam o cérebro e podem aumentar a nossa memória.

Em um estudo realizado, foram ministradas aulas de canto e teclado para um grupo de 22 crianças entre 3 e 4 anos de idade. Um outro grupo com 15 crianças da mesma idade não obteve nenhum tipo de aula musical.

Ambos os grupos foram colocados juntos nas mesmas atividades em sala de aula.

Os resultados apontaram para um aproveitamento 34% maior nas atividades escolares daqueles que receberam aulas de música. E a melhora durou a longo prazo.

  1. Amplia as habilidades de gerenciamento de tempo e organização

Aprender a tocar um instrumento requer que você aprenda a ser organizado e saiba gerenciar seu tempo com sabedoria.

Um bom músico sabe que a qualidade do tempo de prática é mais valiosa do que a quantidade.

Para que um músico obtenha progresso mais rápido, deverá organizar seu tempo de prática e planejar diferentes desafios para estudar, fazendo uso eficiente do seu tempo.

  1. Torna mais fácil o trabalho em equipe

Saber trabalhar em equipe é um requisito muito importante para ser bem sucedido na vida.

E tocar um instrumento  musical exige que você trabalhe com outras pessoas para produzir música. Seja numa banda, num duo, trio ou orquestra, é imprescindível cooperar com os músicos ao seu redor.

Além disso, para que um grupo faça uma música bonita, cada instrumentista deve se ouvir e também ouvir os demais.

  1. Ensina a ser perseverante

Dominar a arte de tocar um instrumento musical leva tempo e esforço, o que realmente ensina paciência e perseverança.

A maioria das pessoas não consegue reproduzir todas as músicas perfeitamente na primeira vez.

Na verdade, grande parte dos músicos tem que trabalhar os trechos difíceis de músicas muitas vezes seguidas antes de tocá-las corretamente.

Musicalização para crianças
  1. Melhora a coordenação

Coordenação é um dos atributos para tocar. Por exemplo, ao ler notas musicais em uma página seu cérebro deve converter, subconscientemente, essas notas em padrões motores específicos ao mesmo tempo que adiciona respiração e ritmo à mistura.

Uma habilidade que vem naturalmente com a prática.

  1. Aperfeiçoa o raciocínio matemático

Ler uma partitura requer a contagem de notas e ritmos. Além disso, aprender a teoria da música inclui muitos aspectos matemáticos.

Estudos demonstraram que os alunos que tocam instrumentos ou estudam as artes são muitas vezes melhores em matemática e alcançam notas mais altas na escola do que aqueles que não tem relação com a música.

  1. Melhora suas habilidades de leitura e compreensão

Um artigo publicado na revista Psychology of Music aponta que as crianças expostas a um programa de ensino musical, envolvendo treinamento em habilidades rítmicas, tonais e práticas progressivamente complexas, exibem um desempenho cognitivo superior em leitura e compreensão em relação aos colegas que não participaram do programa.

Isto porque música envolve leitura e compreensão constantes. Quando se vê notas em preto e branco em uma página, é preciso reconhecer qual é o nome da nota e traduzi-la para uma posição da mão.

Ao mesmo tempo, é preciso reconhecer os ritmos em que estão estas notas para produzi-las no padrão correto.

  1. Aumenta a responsabilidade

Tocar um instrumento também traz uma série de responsabilidades. A manutenção e alguns cuidados são muito importantes para manter um instrumento em condições de uso.

Cada tipo instrumento tem procedimentos diferentes para manter o funcionamento correto, mas a maioria dos instrumentos precisa de limpeza e alguma forma de lubrificação.

Além desses cuidados, há questões como os compromissos musicais, sejam aulas, ensaios, performances e tempo para estudar.

  1. Coloca você em um contexto histórico-cultural

Muitas vezes a música reflete o ambiente e período de sua criação.

Portanto, você aprende uma variedade de tipos de música, como clássicas, folclórica, medieval, barroca e outros gêneros.

A música em si é história, e cada peça geralmente tem seu próprio pano de fundo e momento histórico em que foi composta.

  1. Momento de se expressar e aliviar o estresse

O instrumento é seu e você poderá tocar nele aquilo que desejar! Quanto mais dedicação você colocar no estudo dele, maior serão as possibilidades de como você vai poder tocá-lo.

A música é uma arte, e assim como um artista pode pintar suas emoções em uma tela, um músico pode tocar uma peça carregada de emoção.

Isso provou aliviar o estresse e pode ser uma ótima forma de terapia.

Na verdade, a terapia musical também tem sido útil no tratamento de crianças e adolescentes com autismo, depressão e outros distúrbios.

Como você pode ver, tocar um instrumento musical tem muitos benefícios.

Que tal investir um tempinho e começar a praticar numa flauta, piano, violoncelo, violão, violino ou mesmo cantar?

Procure um professor perto de você e mergulhe no fantástico universo das sete notas. Com certeza este esforço valerá a pena.

E sempre que você encontrar desafios nesta empreitada musical, pense nos resultados finais e nunca esqueça as motivações que fazem com que você goste de tocar.

Como disse uma vez um dos grandes nomes do jazz mundial, o saxofonista Charlie Parker, “A música é sua própria experiência, seu pensamento, sua sabedoria. Se você não a viver, ela jamais vai sair do seu instrumento.”

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *