Trio Instrumental no Projeto MusiCâmara

Trio Instrumental no Projeto MusiCâmara

Ministério da Cidadania e a PRESTO Produções e Promoções Artísticas apresentam Projeto MusiCâmara 2020.

O próxima programa do Projeto MusiCâmara apresenta o Trio Instrumental, formado pelos músicos Daniel Wolff, violão, Ayres Potthoff, flauta e Rodrigo Alquati, violoncelo.

O concerto será transmitido no dia 27 de novembro, sexta-feira, às 20h, na página do Projeto MusiCâmara e da PRESTO no Facebook, além do Canal PRESTO no YouTube.

No programa, obras de J. S. Bach,  H. Villa-Lobos, G. Cassadó, Daniel Wolff, dentre outros.

Projeto MusiCâmara Online

Como forma de adaptação ao cenário pandêmico que impediu a realização dos concertos presenciais dessa temporada, o Projeto MusiCâmara 2020, apresenta um formato alternativo, que dará acesso ao público habituado aos concertos mensais do Projeto, que poderá assistir à série de concertos de suas casas. 

Serão ainda realizados pelo menos outros 3 concertos neste formato, mantendo os padrões de segurança propostos, primando pela segurança dos músicos, equipes técnicas e o público.

Os Músicos

AYRES POTTHOFF

Estudou com Zacarias Valiati, especializou-se com os flautistas Keith Underwood e Ransom Wilson, em Nova Iorque/Estados Unidos, e posteriormente recebeu o título de “Mestre em Flauta” pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde estudou com Celso Woltzenlogel. É um dos fundadores da Associação Brasileira de Flautistas, organizador dos Festivais Internacionais de Flautistas do Rio de Janeiro e Porto Alegre, e foi Diretor Executivo da Orquestra de Câmara Theatro Sao Pedro, grupo que fundou em 1985. Com freqüência tem se apresentado em recitais ao lado de Celso Loureiro Chaves, Olinda Alessandrini, Maly Weisenblum, em países como Estados Unidos, França, Alemanha, Hungria, Noruega, República Tcheca, Peru e Equador, e como solista de diversas orquestras entre as quais, a Orquestra Sinfônica Nacional do Equador, Orquestra da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Orquestra de Câmara Theatro Sao Pedro, Orquestra Sinfônica Nacional de Lima e a Orquestra de Flautas do Japão. Em 2003 recebeu o Kikito por Melhor Música no 31˚ Festival de Cinema de Gramado. Lançou o CD RECITAL com a pianista Maly Weisenblum.

Desde 2008 vem desenvolvendo um trabalho de música de câmara com o Duo Acorda, um dos mais respeitados grupos da Noruega.

Atualmente é professor na Unisinos/RS e Instituto Metodista de Porto Alegre, ministrando as cadeiras de História da Música.

DANIEL WOLFF

Primeiro Doutor em Violão do Brasil, Daniel Wolff é um dos mais destacados músicos brasileiros da nova geração. Profissional versátil, além da carreira como concertista, atua intensamente como didata, compositor e arranjador, pelo qual recebeu o prêmio Grammy.

Catedrático de violão da UFRGS, onde criou o curso de Mestrado em Violão, Wolff foi também professor visitante da Universidade de Arte de Berlim, Alemanha. Constantemente, é requisitado para ministrar cursos em universidades e festivais de música no Brasil, Estados Unidos, Alemanha, Uruguai e Argentina. Formado na Escuela Universitária de Música de Montevidéu, recebeu bolsas de estudo da CAPES e CNPq para cursar Mestrado e Doutorado na prestigiosa Manhattan School of Music de Nova Iorque. 

Vencedor de importantes concursos nacionais e internacionais de violão, sua carreira inclui apresentações na América do Sul, Estados Unidos e Europa, destacando-se um recital no Carnegie Hall de Nova Iorque. Por seus discos, concertos e composições recebeu os mais altos elogios da crítica internacional.

RODRIGO ALQUATI

Natural de Caxias do Sul, RS, Rodrigo Alquati graduou-se primeiramente pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre. Após temporada de estudos em Boston, EUA, ingressou na classe do renomado cellista Martin Ostertag em Karlsruhe, Alemanha, onde permaneceu de 1997 a 2000.

Obteve dois Prêmios Açorianos de Música em 2002: melhor instrumentista erudito e melhor grupo erudito (obtido com o Musitrio). Em 1994 ganhou o 1° lugar no Concurso de Música de Câmara da Faculdade Santa Marcelina em São Paulo, ao integrar o Quinteto Scarlatti. Foi primeiro violoncelo das principais orquestras do Estado do Rio Grande do Sul, tendo atuado com grandes maestros como David Machado, Frederico Gerling Junior, Isaac Karabtchevsky, Giusepe Marotta, Mark Churchill, Andreas Weiss, Wemer Schrietter, e outros.

Atualmente é violoncelista da OSPA e spalla dos cellos na Orquestra da PUCRS. Além de solos com orquestras e recitais com piano, dedica-se também à música de câmara. Gravou um CD com as sonatas de Brahms para violoncelo e piano e outro “ao vivo” com obras de Schumann, Beethoven e Shostakovich. Como integrante do Musitrio, gravou o CD “Kinematic”. Recentemente lançou o CD “Cantilena”, com obras arranjadas para violoncelo e violão, com acompanhamento de Daniel Wolff. Também atua com grandes nomes da música popular nacional e riograndense, como Renato Borghetti, Nenhum de Nós, Vitor Ramil, Marcelo Delacroix, Nico Nicolaievsky, Nei Lisboa, Geraldo Flach, e muitos outros.

PROGRAMA

J. S. BACH (1685-1725)

Concerto de Brandenburgo nº5  BWV 1050

– Affettuoso

Arr. D. Wolff

J. S. BACH (1685-1725)

Partita em lá menor para flauta solo

– Allemande

H. VILLA-LOBOS (1887-1959)

Assobio a jato, para flauta e violoncelo

– Allegro non tropo

G. CASSADÓ (1897-1966)

Fantasia da suíte para violoncelo solo.

– Prelúdio

F. CHOPIN (1810-1949) 

Noturno op. 9 n. 2 para cello e violão

Arr. R. Alquati

L. van BEETHOVEN (1770-1827)

Sonata ao luar, op. 27 n. 2 para violão solo

– Adagio sostenuto

Arr.  D. Wolff

D. WOLFF (1967 – ) 

Suíte do balé Luto

  1. Luto 2. Gazela 3. Quebra-Dedos

J. LENNON ( 1940-1980) / P. McCARTNEY (1942 – )

– Honey Pie / When I’m 64

Arr. D. Wolff

Serviço:

O quê: Projeto MusiCâmara

Quando: 27 de novembro, sexta-feira, 20H

Onde: Páginas do Projeto MusiCâmara e da PRESTO – Facebook e Canal PRESTO no YouTube

Acesso Gratuito

MusiCâmara

Com o objetivo de ser um importante elemento na formação cultural da comunidade, o MusiCâmara teve início em 25 de abril de 2008.

Além de proporcionar cultura à comunidade leopoldense, o projeto também atua com um diferencial didático junto aos alunos da rede municipal. A cada mês um músico vai até uma escola – indicada pela Secretaria Municipal de Educação (Smed) – com o objetivo de explicar aos estudantes o que será apresentado no concerto, entre compositores, obras e instrumentos.

Com coordenação da cantora e professora de técnica vocal Lúcia Passos e produção cultural de Ailton Abreu, o MusiCâmara é aberto à comunidade geral e estudantes, com entrada gratuita.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (51) 3037-7784 e 91186763, pelo e-mail contato@prestosl.com.br, pelo site www.prestosl.com.br ou no endereço Rua Lindolfo Collor, 263 – Centro – São Leopoldo/RS.