Projeto MusiCâmara apresenta um concerto dedicado à obra de Bach

Projeto MusiCâmara apresenta um concerto dedicado à obra de Bach

Ministério do Turismo e Presto Produções e Promoções Artísticas apresentam Projeto MusiCâmara – 13ª Temporada

O programa de maio recebe o concerto O Cravo de Bach, apresentando “Bach Transcriptions”, com Fernando Cordella, inteiramente dedicado a obra de Johann Sebastian Bach.

O Projeto MusiCâmara, dá sequência à série de concertos transmitidos online na 13ª Temporada do Projeto, iniciada em 2020.

O concerto será transmitido no dia 23 de maio, domingo, às 20h, na página do Projeto MusiCâmara e da PRESTO no Facebook, além do Canal PRESTO no YouTube.

Projeto MusiCâmara Online


Como forma de adaptação ao cenário pandêmico que impediu a realização dos concertos presenciais dessa temporada, o Projeto MusiCâmara 2020, apresenta um formato alternativo, que dará acesso ao público habituado aos concertos mensais do Projeto, que poderá assistir à série de concertos de suas casas.

Serão ainda realizados pelo menos outros 4 concertos neste formato em 2021, mantendo os padrões de segurança propostos, primando pela segurança dos músicos, equipes técnicas e o público.


“Bach Transcriptions”

O concerto “Bach Transcriptions” traz o cravista Fernando Cordella apresentando transcrições que o próprio Johann Sebastian fez com obras de outros compositores, transcrições que grandes compositores do passado fizeram com obras de Johann Sebastian para teclados, e transcrições atuais da obra de Bach.

            Inicia-se o programa com a Tocata e Fuga em Ré menor BWV 565, que é uma das mais famosas obras do repertório para órgão. Escrita entre 1703 e 1707, tem autoria controversa. Alguns estudiosos inclusive afirmam que é uma obra composta originalmente para violino solo, cujo compositor é desconhecido.

            Em seguida está o famoso Concerto em Ré menor Op.1 para oboé, cordas e baixo continuo do compositor veneziano Alessandro Marcello, numa transcrição original feita por Bach para cravo solo (BWV 974), que inclui ornamentações ricamente elaboradas.

            O programa também inclui o primeiro movimento “Prelúdio” da Suite No. 1 para Violoncelo solo, e em seguida a Aria da 3a Suite Orquestral, conhecida popularmente como “Ária da 4a. Corda” e “Ária na Corda Sol”. Esses títulos não são originais, mas se tornaram populares após uma transcrição para violino e piano feita por August Wilhelm no século XIX. Relatos da época contam que ele foi capaz de tocar a peça com apenas uma corda de seu violino, a 4a. corda (Sol).

            O concerto encerra-se com a Chacona em Ré menor, que é o ultimo movimento da Partita No. 2 para violino solo. O violinista Joshua Bell disse que a Chacona é “não apenas uma das maiores músicas já escritas, mas uma das maiores realizações de qualquer homem na história.

É uma peça espiritualmente poderosa, emocionalmente poderosa e estruturalmente perfeita”. Desde o tempo de Bach, várias transcrições da peça foram feitas para outros instrumentos. Brahms fez também sua transcrição desta obra em versão para piano solo e relata profunda admiração por ela em correspondência trocada com Clara Schumann.

A versão apresentada é uma transcrição idiomaticamente para cravo com autoria do próprio Fernando Cordella, inspirada naquela feita por Brahms.

Fernando Cordella

Fernando Cordella é considerado um dos principais cravistas de sua geração na América Latina. Maestro e diretor artístico da Sociedade Bach Porto Alegre. Recebeu em São Paulo, o prêmio TOYP JCI como a figura mais expressiva no Brasil do ano de 2015, na categoria “Êxito Cultural”. 

Tem atuado como solista e maestro convidado nas principais orquestras do Brasil e exterior, em projetos com: Nathalie Stutzmann, Luis Otávio Santos, Peter van Heyghen, Olivia Centurioni, Roman Garrioud, Michaela Comberti, Bart Naessens, Rodolfo Richter, entre outros. 

 É coordenador da Oficina de Música Barroca da Escola Municipal de Música de São Paulo e professor da Classe de Cravo da mesma instituição – Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Pianista de formação, teve sua orientação com a pianista brasileira Dirce Knijnik e mais tarde na Universidade Federal do Rio Grande Sul com o Prof. Dr. André Loss. No cravo, Nicolau de Figueiredo foi o seu principal mestre.

Vencedor do Premio Açorianos 2011 como melhor intérprete pelo disco “CRAVOS – de Frescobaldi a Mozart”.

Programa:

JOHANN SEBASTIAN BACH (1685 – 1750)

– Tocata e Fuga em Ré menor, BWV 565

           Concerto em Ré menor, BWV 974

(arr. para cravo a partir do concerto de A. Marcello)

            – [sem indicação de andamento]

            – Adagio

            – Presto

– Aria da Suite orquestral No.3 em Ré Maior, BWV 1068

– Prelúdio da Suite para violoncelo No.1 em Sol Maior, BWV 1007

– Chaconne em Ré menor da Partita para violino No.2 em Ré menor BWV 1004

Serviço:

O quê: Projeto MusiCâmara
Quando: 23 de maio, domingo, 20H
Onde: Páginas do Projeto MusiCâmara e da PRESTO – Facebook e Canal PRESTO no YouTube

Acesso Gratuito

Patrocínio

Stihl

Apoio

Secretaria Municipal da Cultura de Novo Hamburgo

Secretaria Municipal da Cultura de São Leopoldo

Silvio R. Moraes – Advogados Associados

Fundação Ernesto Frederico Scheffel

Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – IECLB – São Leopoldo

Colégio Sinodal Portão

Grupo Sinos

Jornal VS

Instituto Federal Sul riograndense – Campus Sapucaia do Sul

MusiCâmara

Com o objetivo de ser um importante elemento na formação cultural da comunidade, o MusiCâmara teve início em 25 de abril de 2008.

Além de proporcionar cultura à comunidade leopoldense, o projeto também atua com um diferencial didático junto aos alunos da rede municipal. A cada mês um músico vai até uma escola – indicada pela Secretaria Municipal de Educação (Smed) – com o objetivo de explicar aos estudantes o que será apresentado no concerto, entre compositores, obras e instrumentos.

Com coordenação da cantora e professora de técnica vocal Lúcia Passos e produção cultural de Ailton Abreu, o MusiCâmara é aberto à comunidade geral e estudantes, com entrada gratuita.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (51) 3037-7784 e 91186763, pelo e-mail contato@prestosl.com.br, pelo site www.prestosl.com.br ou no endereço Rua Lindolfo Collor, 263 – Centro – São Leopoldo/RS.